Neste artigo

Compartilhar

The Graph, the ‘Google of Blockchains,’ Raises $50M in Round Led by Tiger Global

Notícias da indústria

Reading time

A The Grafe, uma empresa que se compara ao Google mas que se concentra na indexação de informação de blockchain, assegurou 50 milhões de dólares numa ronda encabeçada pela Tigre Global Management.

O investimento, anunciado quinta-feira, também incluiu Blockwall Digital, Fenbushi Capital, FinTech Collective, e Reciprocal Ventures.

Para que a próxima geração da Internet, conhecida como Web 3, baseada em blockchain, funcione eficazmente, é necessário muito tecido conjuntivo. A The Grafe é um protocolo de código aberto para indexação e consulta de dados da blockchain usando subgráficos, que são APIs de código aberto que permitem aos programadores aceder prontamente aos dados. Um API (interface de programação de aplicações) é um método para duas aplicações informáticas interagirem uma com a outra.

Ethereum, Near, Arbitrium, Optimism, Polygon, Avalanche, Celo, Fantom, Moonbeam, e IPFS estão entre as 26 redes blockchain suportadas pela The Grafe. De acordo com um comunicado de imprensa, os seus subgrafos são utilizados pela Uniswap, Synthetix, KnownOrigin, Gnosis, Balancer, Livepeer, DAOstack, Audius, e Decentraland.

“Dado o ritmo a que a indústria de trilião de dólares cresceu no último ano, prevemos um crescimento exponencial da quantidade de dados detidos em blockchain. “”O sócio da Tigre Global, John Curtius, disse numa declaração. “”A The Grafe é uma das pedras angulares mais críticas da teia descentralizada”.

Compartilhar